NodeJS Event Emitters

Augusto Pascutti bio photo By Augusto Pascutti Comment

A algum tempo venho brincando com NodeJS. A brincadeira começou com uma pesquisa sobre gerenciadores de pacote a um bom tempo atrás até que cheguei ao NPM que possui uma arquitetura relativamente boa e extremamente interessante.

Mas não estou aqui pra falar do NPM, e sim do NodeJS. O principal fator dele é aproveitar todo o conceito de ser assíncrono. Não vou discutir o quão isso pode ser positivo mas vou mostrar como funciona a parte de emissão de eventos que vem junto com o NodeJS uma vez que a documentação não se faz muito clara.

Porque emitir eventos?

O conceito todo de ser assíncrono é não perder tempo esperando por uma resposta enquanto você poderia estar processando outras. Quem já fez alguma chamada Ajax tem um exemplo prático em mãos do quão isso pode ser vantajoso.

Enquanto você desenvolve no NodeJS, você o faz usando JavaScript e deveria utilizar esse conceito assíncrono o quanto você puder; óbvio que como qualquer técnica ela tem suas utilizações e não deve ser utilizada de forma leviana. Pegue o conceito, treine e repense nas coisas que você já fez e que poderiam ter um ganho significativo com essa abordagem.

Show me the code!

Pela documentação do NodeJS o EventEmitter pode ser utilizado da seguinte forma:


var Events       = require('events');
var EventEmitter = Events.EventEmitter();

EventEmitter.on('chorar', function(para) {
    console.log("Acabaram de chorar para "+para);
});

EventEmitter.emit('chorar','Mamãe'); // Acabaram de chorar para Mamãe

O código acima não é lá muito útil se estivermos usando Orientação a Objetos e os módulos do NodeJS, útil ele pode até ser, mas prático não. Então como incorporar isso em uma de nossas classes?


var EventEmitter = require('events').EventEmitter();

function Pessoa(nome) {
    this.nome = nome;
    
    function beliscar(quem) {
        if ( quem instanceof Pessoa )
            quem.emit('chorar', this.nome);
    }
}
Pessoa.prototype = new EventEmitter(); // Herdando o EventEmitter

SeuMadruga = new Pessoa('Seu Madruga');
Kiko       = new Pessoa('Kiko');

Kiko.on('chorar', function(agressor) {
    console.log('Mamããããããããããããããããe!!!! '+agressor+" me beslicou!");
})

SeuMadruga.beliscar(Kiko);

Como você pode notar, não requer prática muito menos habilidade. Deixe sua imaginação brilhar agora – longe de mim, por favor. =P

Qualquer coisa, chore aqui nos comentários =P

comments powered by Disqus